Paróquia

Paróquia Nossa Senhora das Graças e Medalha Milagrosa

07h

10h
18h
19h
19h
19h
19h
19h

Comunidade Sagrado Coração de Jesus

Domingo
08h30

Educandário e Creche Menino Jesus

Sábado
18h
Você está em:

Para atrair fiéis voluntários da Paróquia N. Sra. das Graças e Medalha Milagrosa confecciona manto de 12 metros

Em um cenário azul de bênçãos, a novidade se tornou  tradição do dia 27 de cada mês

 

Por Eliete Lopes

 

Fiéis, devotos de Nossa Senhora das Graças e Medalha Milagrosa que dedicam o dia 27 à  santa têm vivenciado momentos de emoção debaixo de um manto gigante. A passagem do manto se tornou uma tradição para a comunidade.

O momento solene acontece após a celebração das 19h, quando o manto é  abençoado pelo padre, e vem passando  sobre as pessoas .

 

A ideia surgiu da colaboradora Maria das Graças Vieira, que viu a oportunidade de atrair o número de fiéis para o dia 27. “O objetivo  foi de chamar fiéis para o dia dedicado à Nossa Senhora. Nossa igreja se encontrava vazia… não podíamos deixar essa data continuar  esquecida. Foi aí que  olhei para a imagem e tive a ideia do manto, e  lembrar também  as pessoas que Nossa Senhora é protetora, e que o manto nos protege. Senti essa necessidade que as pessoas tocassem o manto e sentissem Nossa Senhora derramando as graças sobre nós. E graças à Deus o número vem aumentando cada vez mais”,  explicou .

 

 

Solidariedade

 

Foi através de uma força tarefa de colaboradores da paróquia que se uniram e doaram alimentos e foi realizado um almoço para arrecadar fundos para a compra do tecido.

Para a confecção do manto de tecido voal azul com renda dourada nas laterais, foram usados 12 metros de largura e 21 de comprimento.

 

Foram 7 dias de trabalho atrás da máquina com muito amor e dedicação. É assim que define  a voluntária Maria Fátima Maia Nascimento que confeccionou o manto.  “Foi gratificante.  Tudo que eu faço é para Nossa Senhora, e  faço com muito amor, e a luz do Divino Espírito e com  oração. Eu amo Nossa Senhora,  e ela está presente em todos os momentos da  minha vida. Trabalhar para ela é graça  de Deus”, diz.

 

Abençoados pelo manto

 

Acompanhada pela mãe,  Fernanda Teixeira de 43 anos, moradora de Venda Nova visita a paróquia há  dois anos, e pela segunda vez ela vive a experiência de tocar o manto.

“É muito lindo! ‘É um frio na barriga de emoção’. É  sentir o manto sagrado sobre a nossa proteção”, conta emocionada.

 

“Eu tenho uma missão tocada por Nossa Senhora aqui nesta paróquia. Todo dia 27 eu trago medalhas de N. Sra das Graças e Medalha Milagrosa  e faço doações para alguns fiéis que Ela me toca para doar. E sou  mesma que confecciono.  É algo enviado de Deus”, afirma a artesã Valdete Azeredo Pinto de 66 anos. Ainda segundo ela, a passagem do manto vem atraindo números de fiéis de diversas idades. “Eu vejo uma diversidade de jovens, crianças, idosos, e casais. É uma alegria imensa ver as pessoas com os braços alcançando o manto”, declara .

 

Já o jovem Romário Aparecido Peixoto da Fonseca, de 26 anos,  costuma sair às pressas do trabalho para vivenciar esse dia. Ele considera a passagem do manto um momento de muito amor e emoção.

“É muita emoção e devoção neste momento que estamos com Nossa Senhora”.

 

VEJA TAMBÉM